domingo, 16 de dezembro de 2018

Secretário de Educação Orlando Bezerra participa de formatura dos alunos da educação infantil

SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO PARTICIPA DA SOLENIDADE DE FORMATURA DOS ALUNOS DO ENSINO INFANTIL DA ESCOLA DONIZETE MOTA


O Secretário Municipal de Educação Orlando Bezerra participou na tarde deste sábado 15, no auditório da Maçonaria a Solenidade de Formatura dos alunos do segundo período da Escola Municipal Maria Donizete Mota.

O Secretário de educação Orlando Bezerra estava acompanhado da sua equipe pedagógica que juntos prestigiaram o evento dos pequenos formandos que já estão preparados para entrar no primeiro ano do ensino fundamental.

"De acordo com a Diretora da Unidade de Ensino Sairilandia, a solenidade é uma forma de homenagear todos os formandos do ensino infantil dando a oportunidade as nossas crianças a seguirem uma nova etapa participando do ensino fundamental". 

“O Secretário de Educação Municipal disse que é uma imensa satisfação está presente numa festa maravilhosa que é a Solenidade dos formandos do ensino infantil e que todos eles já estão preparados para enfrentar um novo currículo da história de suas vidas. Quero aqui parabenizar a todos os formandos e em especial a gestora Sairilandia da Escola Maria Donizete Mota e toda a sua equipe juntamente com os profissionais que estão trabalhando e preparando nossas crianças para um futuro melhor. Mesmo com algumas dificuldades a gestora juntamente com sua equipe vem desenvolvendo um excelente trabalho na frente desta gestão escolar. Quero aqui também parabenizar todas as crianças que estão se formando e também agradecer todos os pais presentes e dizer que esse é o momento mais lindo de caca um filho de vocês, que é está recendo o seu primeiro certificado, e quero também em nome da Prefeita Marilete Vitorino e do vice-prefeito Chico Batista agradecer a todos e a todas pelo o trabalho realizado na formação dessas crianças”, comentou Orlando Bezerra.

sábado, 15 de dezembro de 2018

ESCOLA 15 DE JUNHO II REALIZA FORMATURA DOS ALUNOS DO ENSINO INFANTIL

A Escola 15 de Junho II realizou a Formatura da Educação infantil. Parabéns para a equipe gestora que trabalha para melhorar a nossa educação e apesar das dificuldades não medem esforços para realizar seu trabalho.

12 estados e o DF já aprovaram currículo de referência para escolas do infantil e fundamental


Documentos foram elaborados após aprovação da Base Nacional Comum Curricular e agora servirão para que cada escola elabore seu projeto pedagógico; prazo para concluir o processo termina em 2020.

Exatamente um ano após a aprovação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) dos ensinos infantil e fundamental, pelo menos 12 estados e o Distrito Federal já aprovaram seus currículos de referência para escolas dessas duas etapas de ensino. Segundo um levantamento do Ministério da Educação, até a sexta-feira (14) outros sete estados tinham previsão de concluir esse processo até 31 de dezembro.

Os documentos foram elaborados a partir da BNCC e serve como referência para que cada escola elabore o seu projeto político-pedagógico, que, segundo Kátia Smole, secretária de Educação Básica do MEC, representa a "materialização" das intenções pedagógicas da base curricular.

Veja abaixo a situação pelo Brasil até a sexta:

Levantamento do MEC até 14 de dezembro mostra que 13 estados já aprovaram seus currículos de referência para escolas do infantil e fundamental — Foto: Fernanda Garrafiel/Arte G1

Etapas de elaboração do currículo estadual

Após a homologação da BNCC pelo MEC, cada estado criou comissões reunindo os municípios para a elaboração da proposta curricular e, de acordo com Kátia, os redatores foram escolhidos conjuntamente por estados e municípios.

O processo ocorreu durante todo o ano, e o primeiro estado que conseguiu aprovar a proposta foi o Paraná, em 22 de novembro. Nesta semana, segundo o MEC, Espírito Santo, Pernambuco e Minas Gerais concluíram o processo.

Cada estado precisa cumprir quatro etapas até a aprovação da proposta curricular:

Elaborar um documento preliminar a partir da BNCC, mas incluindo os aspectos do contexto regional
Realizar uma consulta pública a respeito do documento preliminar
Elaborar uma versão final do documento, sistematizada a partir do resultado da consulta pública, e entregá-la ao Conselho Estadual de Educação (CEE)
Aprovar o documento no conselho

Veja abaixo a situação de cada estado:

Já aprovaram o documento final no CEE:

Ceará
Distrito Federal
Espírito Santo
Goiás
Mato Grosso
Mato Grosso do Sul
Minas Gerais
Paraíba
Paraná
Pernambuco
Rio Grande do Norte
Sergipe
Tocantins

Já entregaram o documento final ao CEE:

Acre
Alagoas
Amazonas
Amapá
Bahia
Pará
Piauí
Rio Grande do Sul
Rondônia
Roraima

Estão sistematizando o documento após a consulta pública:

Maranhão
São Paulo
Rio de Janeiro

Já elaborou o documento preliminar, mas não terminou a consulta pública:

Santa Catarina

Segundo os dados do MEC de outubro desse ano, pessoas de 3.056 municípios brasileiros (ou 55% do total) participaram das consultas públicas sobre o currículo base das escolas.

Currículo estadual x projeto pedagógico

"Os estados e municípios estão fazendo as suas propostas curriculares e seus currículos de referência, e agora as escolas vão ter que produzir, a partir disso, os seus projetos pedagógicos", explicou Kátia em entrevista ao G1.

"O projeto pedagógico da escola é que vai dizer tudo: como a escola avalia, como ela organiza as turmas. Então, ela faz com que as grandes intenções pedagógicas e de desenvolvimento integral sejam materializadas para acontecer na escola."

Os projetos pedagógicos já existem nas escolas. A novidade, segundo a secretária, é que agora as gestões escolares terão um documento único nacional como ponto de partida.

"O que é que todas as escolas do país vão ter em comum? É que todos os currículos retratam, traduzem as habilidades que estão previstas na base e as dez competências gerais para organizar o ensino e a aprendizagem na escola." - Kátia Smole

Ela estima que, a partir do momento em que os currículos de referência são aprovados, o prazo de adequação dos projetos pedagógicos dure cerca de um semestre.

O prazo para a finalização desse processo termina no início de 2020, segundo a resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE) que aprovou a BNCC.


Kátia Smole, secretária de Educação Básica do MEC, durante o evento Educação 360, na quarta-feira (12) em São Paulo — Foto: Divulgação/Wander Roberto/Inovafoto

Currículos municipais

Kátia afirmou que, como os currículos de referência estaduais já contemplam os contextos regionais, e como cada escola ainda precisa imprimir suas especificidades no projeto pedagógico, os 5.570 municípios não são obrigados a elaborar sua própria proposta curricular, mas podem optar por fazê-lo.

"As regionalidades já foram contempladas na elaboração do regime de colaboração", disse ela. Na quarta-feira (12), durante o evento Educação 360, em São Paulo, a secretária afirmou que 80% dos municípios aderiram ao "regime de colaboração", que ocorre quando as diferentes redes de ensino (municipal, estadual e federal), que têm autonomia, decidem elaborar o processo por meio de uma parceria colaborativa.

"Não é necessário fazer um currículo para cada município, mas é importante que fique claro que o município que quiser fazer tem essa liberdade, desde que o currículo dele dialogue com o que foi feito com o currículo estadual, que está bastante alinhado com a base."

Próximos passos

A elaboração dos currículos estaduais e adequação dos projetos político-pedagógicos é um dos passos seguintes à aprovação da BNCC. As outras duas mudanças principais são a reforma dos materiais didáticos e a formação dos professores para tirarem os currículos do papel.

"O ano de 2019 é um ano bem importante, porque é o currículo começa a ser traduzido na prática com essas duas ações essenciais: a elaboração dos processos pedagógicos e também a formação continuada dos educadores", explicou Kátia que, na quinta-feira (13), apresentou a jornalistas uma proposta de Base Nacional Comum de Formação de Professores (BNC Formação de Professores).

Entre as ações sugeridas pelo MEC estão instituir uma prova obrigatória para os professores recém-formados poderem atuar em escolas, substituir o estágio obrigatório das licenciaturas por uma residência pedagógica, aumentar a carga horária de atividades práticas nos cursos de formação de professores e reformar a estrutura do curso de pedagogia.

SAIBA MAIS

Por Ana Carolina Moreno, G1

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

COMUNICADO: SERVIÇO DE CONTRACHEQUE ONLINE

A Prefeitura de Tarauacá, através da Secretaria de Administração, comunica aos servidores públicos que o serviço de emissão online do contracheque já está funcionando normalmente.

Passo a passo para gerar a senha de acesso ao contracheque on-line:

1 - Acesse o site da Prefeitura Municipal de Tarauacá(www.tarauaca.ac.gov.br);

2 - Espaço do servidor clique na opção portal do servidor;

3 - Inserir login (seu CPF – Exp: 21631365423) e senha (data de nascimento exp: 08121978)

4 - Acessar recibo de pagamento

5 - Selecionar o mês que desejar visualizar o recibo de pagamento (contracheque)

6 - caso queira imprimir o recibo de pagamento (contracheque) deverá clicar na figura da impressora que aprece do lado direito acima da palavra desconto (R$)

7 - Irá aparecer a seguinte mensagem: impressão do relatório “agenda com sucesso”

8 – Clicar em notificações e baixar o arquivo gerado em PDF

9 - Imprimir o recibo de pagamento (contracheque online)

Dúvidas, favor entrar em contato com o Departamento de Pessoal da Prefeitura de Tarauacá – Setor de Administração.

PREFEITURA DE TARAUACÁ REALIZA TERCEIRA EDIÇÃO DA AÇÃO ITINERANTE ‘PREFEITURA NO SEU BAIRRO MAIS CIDADANIA’, NO BAIRRO IPEPACONHA

Nesta quinta-feira, 13 de dezembro, a Prefeitura de Tarauacá realizou a terceira edição do programa social ‘Prefeitura no seu Bairro + Cidadania’.

A atividade foi realizada em conjunto pelas Secretarias Municipais de Assistência Social, Saúde, Educação, Obras, Agricultura, Administração, Meio Ambiente,  e  Cultura.

O evento contemplou os bairros Ipepaconha e Esperança, oferecendo diversos serviços como testes rápidos, cortes de cabelo, atividades recreativas, cadastro Bolsa Família e BPC, som ao vivo com o cantor Japão, lanche, sorteios de brinquedos, bombons, e atividades recreativas com crianças e adultos, como corrida pedestre, além de atendimento médico e cuidados de enfermagem, distribuição de medicamentos.

A Prefeita Marilte Vitorino e o Vice-Prefeito Chico Batista fizeram questão de participar do evento, além de secretários, assessores e servidores. Uma moradora da comunidade, Sra. Nilza de Souza, parabenizou a iniciativa da Prefeitura de Tarauacá e disse que “A pavimentação da rua traz dignidade para todos nós moradores. A Prefeita Marilete Vitorino estar de parabéns pela ação e por essa atividade em nosso bairro”.

“Muito bom poder estar junto à população e ouvir seus anseios. O nosso objetivo é continuar atendendo a todos os moradores da melhor forma possível, levando até eles um produto de qualidade”, afirmou a Prefeita Marilete Vitorino.
Assessoria de Comunicação da Prefeitura de 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...